Super Cavaco a Presidente

2005/10/27

 
Cavaco Silva reúne as condições necessárias para
devolver a confiança ao país

Falo-vos hoje dos candidatos que já conhecemos.
A ideia mestra que ressalta dos discursos de Soares, Jerónimo de Sousa e Francisco Louçã é que, do nosso ponto de vista, nenhum deles se candidata verdadeiramente à Presidência da República mas sim contra Cavaco Silva.Para quem anda um pouco atento às coisas da politica e queira fazer um pequeno exercicio de memória, não terá dificuldades em concluir que Mário Soares, durante dez anos, não fez outra coisa que não fosse lutar contra o Professor de Economia e Primeiro Ministro de Portugal. O Dr. Mário Soares, depois das intervenções públicas que teve e das afirmações que produziu em relação à possibilidade de voltar a candidatar-se a Belém, devia ter um pouco mais de decoro. Tudo isso e os oitenta e tal anos que já conta deveriam ser razões mais que suficientes para travar o seu apetite desmedido. Todos sabemos que Mário Soares não gostará mesmo nada de ver Cavaco Silva ocupar a cadeira que ele deixou em Belém e acabar a carreira politica em glória. Não podemos esquecer ainda que o Dr. Mário Soares ignorou, omitiu e espezinhou 30 anos de ligação a Manuel Alegre. Sobre o poeta de Coimbra que continua, nas sondagens, à frente de Mário Soares, convirá adiantar, desde já, que se candidata contra Cavaco e Mário Soares, lutando por dois objectivos muito concretos - derrotar o homem de Boliqueime, se puder e ganhar ao seu velho camarada para lhe mostrar que, afinal, a traição não compensa. Jerónimo de Sousa e Francisco Louçã sem nenhuma possibilidade de passarem à segunda volta das Presidenciais, se é que vai haver segunda volta, querem aproveitar a campanha e os tempos de antena apenas e tão só para bater em Cavaco Silva e no Governo. É notória a luta que se trava na esquerda e a confusão que tanta candidatura gera. Ao contrário de Cavaco Silva que se apresenta distante do PSD, ciente de que uma candidatura à Presidência da República deve ser entendida e corporizada como uma candidatura supra-partidária. Mário Soares e o Partido Socialista misturam-se de tal maneira que não é fácil acreditar que o fundador do PS tenha conseguido despir a camisola rosa. Se fizermos uma retrospectiva sobre os candidatos, não será dificil constatar que o percurso politico de Mário Soares e Alegre não têm nada a ver com o de Cavaco. O ex-Primeiro Ministro apresenta-se como candidato não envolvido em polémicas e sem revelar a minima preocupação com os outros. Preocupa-o apenas o país. Pelo que vale cada um dos candidatos, pela luta fratricida que se adivinha entre Mário Soares e Manuel Alegre, pela confusão que vai na esquerda, estamos em crer que se os responsáveis pela campanha de Cavaco Silva, não cometerem grandes erros, o Professor será eleito à primeira volta. Não tenhamos ilusões, Cavaco Silva é quem reúne as condições necessárias para devolver o país à confiança, à mobilização e à auto-estima pelas quais aspiram os portugueses.
JMP

Comments:
Metadiálogos da Lareira (I)

-- Ó, avô, o que é um corrupto?
.
-- Meu querido, um corrupto é um homem mau, que arranja mil e uma maneiras de roubar só para si o que era dos outros todos.
.
-- E o vovô é corrupto?
.
-- (Pausa. A Modesta Modista vem a correr, lá do fundo)
.
-- Ó, filho, por amor de deus, deixa o avô com essas perguntas!... Já comeste o teu meio queque?...
.
-- Ó, vó... O avô é corrupto?...
.
-- Claro que o avô não é corrupto. O avô nunca roubou nada!
.
(Começa a passar na TV a transmissão, em directo, das Ambições de Aníbal, uma espécie de Morangos com Açúcar para oligofrénicos e mulheres a dias)
.
-- O avó... Aquelas pessoas que estão ali são todas corruptas?...
.
-- Querido, deixa dessas coisas, sim?... Aquelas pessoas são amigos do vovô e da vovó e amigas do meu lindo!...
.
-- E quem é aquela senhora?
.
-- Aquela senhora... Vá..., vai dar um b'jinho na TV que a avó deixa...
(o nininho vai dar um b'jinho no ecrã empoeirado, onde passa a imagem de Leonor Beleza)
... aquela senhora é a Doutora Leonor Beleza, uma senhora muito boazinha, que ajudou muito o avô quando o avô era a pessoa mais importante de Portugal.
.
-- E ela ajudou como?...
.
-- Ajudou, porque toda a gente gostava dela, e os senhores doutores do doi-dói, aqueles que têm a bata branca, onde tu vais, quando estás doi-dói, esses senhores, e todas as pessoas que estavam doi-dói gostavam todos muito dela, e também gostavam muito do teu vovô!...
.
-- Ó, vó, mas ela tem ar de má!... Ó, vô, aquela mulher é boa ou má?...
.
-- Filho, não se diz mulher, diz-se "senhora doutora", e era muito boazinha, curava os doentes, e ia a casa das pessoas pobres ajudar, e toda a gente lhe dava beijinhos quando ela passava.
.
-- E ela era corrupta, avô?...
.
-- Querido, o avô não conhece ninguém corrupto.
.
-- E quem é aquele senhor?
.
-- Aquele senhor é o irmão da Doutora Leonor Beleza. É o tio Zezé, que tu ainda não conheces, porque ele viaja muito.
.
-- Ó, vó, e o tio Zezé é corrupto?...
.
-- Ó, filho, por amor de deus, não andes sempre a perguntar as mesmas coisas ao teu avô!...
.
-- Mas ele parece aquele do 5º andar, que tem a crista na cabeça!...
.
-- Qual 5º andar?...
.
-- Ó, vó, o do 5º andar, o Peidolas!...
.
(Silêncio)
.
-- Quem é que te ensinou a dizer essas coisas?...
.
(Silêncio)
.
-- Vá, diz lá à avó quem é que te ensinou a dizer essas coisas feias!...
.
-- (Choro) Ó, vó, foi lá no colégio!... (choro)
Eles lá no colégio dizem coisas muito feias do avô e do avó, e dizem que a avó parece a empregada de casa deles, e que o avô lhe enfiaram um pau pelo...
(choro)
e que foi por causa disso que ele está sempre muito direito
(choro)
e que depois lhe caiu a parte de baixo da boca e ele solta aqueles perdigotos quando está a falar
(choro)
Ó, vô, eu não quero mais andar naquele colégio!!!...
.
(Cai o pano)
 
Que raio de comentário.
Só um ponto, se Cavaco quisesses ajudar o país já o poeria ter feito ou não?
ver: http://blogdelsniper.blogspot.com/
 
Bem, acho que Cavaco Silva representou um ponto alto do país, foi uma altura em que tivemos muitos sonhos e ele fez-nos acreditar que seríamos capazes de os realizar. Foi o desenvolvimento que ele trouxe que me deu condições para estudar para o estrangeiro, por lá me formar e por lá continuar a desenvolver vários projectos, apesar de ter voltade nestes 3 últimos anos a casa. Mas no fim do ano volto a partir, pq o país de Cavaco tornou-se o país de Guterres e depois de ter vivido no país de Barroso e no país de Sócrates só me resta mesmo voltar para o estrangeiro. Next Stop: Barça ; )))))))

Boa sorte Professor, que a eleição corra bem e que traga a dinâmica que este país espera... e espera... e espera ; )

Abraço,

Peter Maia
 
Peter Maia.....de Malaguín (Portugal) a Malagón(a Catalunha do tripartito nacional-socialista,independentista, anti-catolica e anti-americana).....Trocara a cabeça polo rabo....
 
Metadiálogos da Lareira (II)

-- Ó, avô, o que é uma economia medíocre?
.
-- Uma economia medíocre é uma economia que consegue existir sem o avô a interferir nela!... Mas a partir de Janeiro, se o vovô for eleito, vamos ter interferências todos os dias!...
.
-- Mas não foi isso que a senhor professora me ensinou lá na escola...
.
-- Não se diz "escola", diz-se "colégio". Então, o que é que a senhora professora te ensinou no colégio?...
.
-- A senhora professora disse-me que uma economia medíocre era aquela onde as indústrias não produziam nada que se conseguisse vender lá fora, onde as pessoas eram obrigadas a importar tudo o que gostavam de comprar, e que os importadores ganhavam muito dinheiro com as taxas que punham em cima do que as pessoas compravam, e que como as pessoas continuavam a ganhar muito poucochinho, eram obrigadas a ir pedir muito dinheiro aos bancos, a juros altíssimos, e que os bancos gostavam muito de que as pessoas lá fossem pedir dinheiro, porque assim havia muito dinheiro a circular e eles podiam dar-lhes mais disfarçadamente o dinheiro que outras pessoas da economia paralela lá depositavam...
.
-- Qual economia paralela, filho!!!???...
.
- Vô, ela diz que é o dinheiro do tráfico da droga, dos paraísos fiscais, do tráficos dos imigrantes, da prostituição, das armas, da construção civil, do Futebol, e ela diz que assim o país vai acabar depressa, e que isto só é resultado do rumo que as coisas tomaram durante THE GREAT PORTUGUESE DISASTER...
.
- The Great quê!!???...
.
-- Diz ela que foi o período entre 1985 e 1995, em que o vovô foi...
.
-- MARIA TU ÓVISTES ISTO!!!???... QUANTAS VEZES EU QUE JÁ TE DISSE QUE SE TEM DE PÔR MÃO NO QUE ENSINAM AOS GAROTOS NA ESCOLA!!!!????...
 
Arrebenta....Toma a pilula....!
 
Arrebenta...fala do juiz Celeiro...
 
Arrebenta, continua, talvez assim estes curtos de memória se lembrem do vovo Cavaco, da sua vida e obra que tanto nos prejudicou.
Parabéns e obrigado pela lembrança
 
Eu acho que os amigos deste blog... deviam dar um prémio ao Arrebenta. Ponham um contador e vejam lá se descobrem o quanto ele vos aumenta as audiências! Bravo!

tenho sentido falta daquele assíduo leitor que perguntava sempre pelo hino e para quando a versão cantada pelo próprio... Uma pessoa habitua-se às visitas...
 
Arrebenta...mensajitos para tu amigo Mario en "Kaos en la Red"....Sus "amigos" de Timor Leste no le "esquecem"....
 
Metadiálogos da Lareira (III)

-- Ó, avó, a avó já ouviu falar do Arquitecto Taveira?...

(Silêncio sepulcral. A Costureira de Boliquime fica branca)

-- ANÍBAL, ANÍBAL, POR AMOR DA SÃOZINHA, VEM-ME AQUI AJUDAR, QUE ESTE MIÚDO SÓ ESTÁ A DIZER DISPARATES POR ESTA BOCA FORA!...

(Chega o Grande Timoneiro, a mascar uma fatia de bolo de figo, e a espalhar sementes pela carpete)

-- Então, que se passa aqui?... Não vês que a avó está a subir as bainhas de umas calças?... Deixa-a trabalhar!... Tu queres que a tua avó vá para o desemprego?...

- Ó, vô, eu não fiz mal nenhum, eu só 'tava a perguntar à 'vó se sabia quem era o Sr. Arquitecto Taveira...

(Aníbal engasga-se e tosse. Com a mão esquerda, ajuda a mandíbula inferior a voltar ao encaixe)

-- ... filho, o Sr. Arquitecto Taveira foi um grande homem que trabalhou para o vovô, e que fez aquele centro comercial muito bonito, onde costumamos ir comer meio hamburguer... o Cnetro Comercial das Amoreiras... lembras-te?... E também fez aquela coisa muito bonita, muito estreitinha, na 24 de Julho, que parece uma grade de cervejas posta ao alto...

-- Ó, vô, mas eu acho que não é isso... É que lá no colégio estavam a fechar as salas e há o Sr. Ambrósio, que é coxo das pernas, e estava a olhar para uma nininha brasileira que trabalha lá nas limpezas, a Neuzona, e estava a dizer para ela, "anda, querida, eu vou só fechar aqui as salas, e depois vamos ali atrás, dar uma taveiradazita...

(Cai o pano)
 
That's a great story. Waiting for more. » »
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

Counters
Free Counter on-line